domingo, 4 de dezembro de 2016

O que visitar em Coimbra - Mosteiro de Santa Clara-a-Nova

No seguimento do ciclo "O que visitar em Coimbra" hoje falamos sobre um dos monumentos mais emblemáticos de Coimbra, o Convento de Santa Clara-a-Nova.

O Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, popularmente referido como Convento da Rainha Santa Isabel, localiza-se na freguesia de Santa Clara, foi erguido em 1649 em substituição ao antigo mosteiro medieval de Santa Clara-a-Velha, arruinado pelas inundações frequentes do rio Mondego.

O edifício é em estilo barroco, sóbrio e utilitário, ponteado por torreões. Na igreja, guarda-se, no retábulo da capela-mor, a urna de prata e cristal, do séc. XVII, onde é venerado o corpo da Rainha Santa Isabel.

O convento de Santa Clara de Coimbra foi fundado nos inícios do século XIV, à margem esquerda do rio Mondego. Santa Isabel de Aragão, Rainha de Portugal, esposa de Dinis de Portugal, foi a principal benfeitora da instituição nos seus inícios, tendo-o escolhido como lugar de seu sepultamento.

As constantes inundações de que era vítima o primitivo mosteiro levaram à decisão de construir um novo edifício para a comunidade de clarissas. Desse modo, as obras do novo convento começaram em 1649, com projecto de João Torriano, frade beneditino, engenheiro-mor do reino e professor de matemática da Universidade de Coimbra. A igreja e vários edifícios conventuais encontravam-se concluídos em 1696, quando se mudaram as últimas monjas.

A poente da igreja ergue-se um dos maiores claustros do país, de plano quadrangular com duplo piso, que melhor reflecte a longa campanha de obras efectuada no monumento. Com ligação às principais dependências conventuais, o claustro revela uma organização espacial que reflecte as disposições da arquitectura maneirista, enquanto as formas compositivas deixam perceber a influência dos modelos barrocos, segundo a linguagem dos vários arquitectos envolvidos: Manuel do Couto, Custódio Vieira e Carlos Mardel

Em 1911 grande parte do monumento foi entregue ao Exército Português, que o devolveu à Confraria em 2006. A Confraria da Rainha Santa Isabel procura, através da sua actuação, o desenvolvimento e valorização de uma componente cultural do monumento, fazendo dos espaços do Mosteiro, uma expressão viva de todas as formas de arte, que possam conferir uma nova dimensão à presença da Rainha Santa na vida actual da Sua Cidade de Coimbra.

domingo, 27 de novembro de 2016

Programa Especial de Natal no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Este ano o espírito do Natal vai invadir o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, durante todo o mês de Dezembro.

O programa especial Natal 2016 no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha conta com a parceria do Fila K Cineclube, e do Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra - Centro de Investigação da Terra e do Espaço.

Será um mês cheio de animação, oficinas educativas, sessões de cinema de animação, e curtas-metragens, todas organizadas de forma a garantir que as famílias possam participar, uma vez que na primeira quinzena do mês as actividades decorrem aos fins-de-semana e dias feriados e na segunda quinzena estão agendadas no período das férias escolares, constituindo uma óptima oferta para as férias de natal.

Eis os programa completo:
  • Oficinas Educativas

Destinadas especificamente para as crianças com mais de 5 anos terão lugar os dias 1, 3, 4, 8, 10, 11, 17, 18, 20, 21, 22, 23, 27, 28, 29 e 30, de manhã das 10:30 às 13:00 e de tarde das 14:30 às 17:00.

Ateliê de Culinária “Bolachas e Biscoitos de Natal”
Durante este ateliê, os mais pequenos são desafiados a pôr as mãos na massa. Mas não só! Para além de aprender a fazer, também são incentivados a dar asas à imaginação na hora de decorar os biscoitos de Natal. Este ateliê é super docinho e as crianças vão adorar!

Ateliê da escrita “Postais e Cartas de Natal”
Este ano, os postais e as cartas de Natal vão ganhar uma nova dimensão. A partir das letras capitulares medievais de esmerada composição, com motivos florais e figurativos. É de destacar o colorido das figuras.

Ateliê criativo “Decorações de Natal”
Decorar a árvore é o momento natalício em que todas as crianças gostam de participar. Neste ateliê criativo, as crianças têm oportunidade de criar enfeites de Natal únicos e personalizados que, certamente, vão ter lugar de destaque na árvore lá de casa.

Ateliê criativo “Na Ponta dos Dedos”
Queremos proporcionar momentos de descoberta, alegria, desenvolvimento da criatividade, expressão e partilha em grupo através da construção de fantoches de dedo.
 
  • Cinema de Animação no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

O cinema tem um destaque especial este Natal, assim ao longo do mês de Dezembro 7 curtas-metragens para ver e rever em família, ou com os amigos. Os dias em exibição serão 1, 3, 4, 8, 10, 11, 17, 18, 20, 21, 22, 23, 27, 28, 29 e 30, com duas sessões às 10:30 e às 15:30.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

O que visitar em Coimbra – Universidade de Coimbra

Este é um dos símbolos da cidade de Coimbra e de Portugal, com uma incontornável herança histórica, a Universidade de Coimbra celebrou em 2015 os seus 725 anos. 

Foi em Março de 1920 que D. Dinis assinava o “Scientiae thesaurus mirabilis”, criando assim a Universidade mais antiga do país e uma das mais antigas do mundo. Inicialmente começou funcionar em Lisboa, sendo transferida definitivamente para Coimbra em 1537, por ordem do Rei D. João III, e é no Paço Real da Alcáçova, mais tarde Paço das Escolas, que se concentram todas as Faculdades da Universidade de Coimbra – Teologia, Cânones, Leis e Medicina.

Inicialmente delimitada ao Palácio Real, a Universidade foi-se estendendo por Coimbra, transformando a paisagem, tornando-a na cidade universitária por excelência, alargada no século XX com a criação do Pólo II, dedicado às engenharias e tecnologias, e já neste século com um terceiro Pólo, na área das ciências da saúde.

Contando com um património material e imaterial único, fundamental na história da cultura científica europeia e mundial, é desde 2013 Património Mundial da UNESCO.

Hoje em dia, a Universidade de Coimbra conta com oito Faculdades (Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física) e mais de 22 mil alunos.

domingo, 13 de novembro de 2016

Festival Caminhos do Cinema Português

Entre 19 e 26 de Novembro Coimbra recebe a 22ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português.

Ao longo de mais esta edição o festival volta a abrir-se a juniores, seniores, escolas de cinema, editoras e livreiros, com o objectivo de aproximar os criadores dos seus públicos.

O festival Caminhos do Cinema Português vem-se afirmando como o evento de referência do panorama português como o único festival dedicado, exclusivamente, ao cinema português em áreas como os projectos finais de escolas de cinema, passando pela animação, documentário, curta-metragem até à longa-metragem.

Desde 1988 que o festival se abre a toda a produção portuguesa, transformando-o na verdadeira montra do cinema nacional em Portugal. Uma montra, que tem apostado em aproximar os criadores dos seus públicos, promovendo a interacção a todos os níveis.

Descubra aqui toda a programação do Festival Caminhos do Cinema Português.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Festas de Natal

Está a chegar a época do ano mais propícia ao convívio, à amizade e à celebração, o Natal e o Hotel D. Luís tem mesmo aquilo de que precisa.

Com o objectivo de promover esse convívio e essas celebrações o Hotel D. Luís desenhou um menu assinado pelo Chefe Alexandre Santos que vai tornar esses momentos ainda mais especiais.

O “Menu para Festas e Convívios de Natal” é composto por três opções, Menu Santa Clara, Menu Coimbra e Buffet.

O Menu Santa Clara é composto por aperitivo, entrada ou sopa, um prato principal, uma sobremesa e bebidas da refeição, nesta opção podemos encontrar entre outras delicias o vol-au-vent de peixe, bacalhau à regional, lombo de tamboril com crocante de presunto ou o lombinho de porco. 

A segunda hipótese é o Menu Coimbra que é composto por aperitivo, entrada ou sopa, prato de peixe, prato de carne, uma sobremesa e bebidas da refeição com ofertas como o folhado de salmão com tagliatelle de legumes, lombo de bacalhau confitado com crosta de amêndoa ou naco de vitela com redução de vinho do porto, com esmagada de batata e rolinhos de espargos.

Já o Buffet, que está disponível para um mínimo de 20 pessoas é composto por aperitivo, buffet de saladas, sopa, peixe, carne, buffet de sobremesas de natal, bebidas da refeição. Abaixo o menu completo:

Aperitivos

Espumante, gin tónico, sumo de laranja, água mineral, shot de fruta, fritinhos, tartelete com mousse de mozarela e doce de abóbora, bolinhas de farinheira com amêndoa.

Buffet de saladas

Saladas simples
Alface, tomate, cenoura, pepino e milho
Saladas compostas
Salada de bacalhau à portuguesa, salada de polvo, cogumelos com bacon, frango com abacaxi, massa com legumes.

Frios
Caprichos do mar, pastéis de bacalhau. lombo de porco assado, quiche de enchidos

Caldo Verde
Tiborna de Bacalhau
Cabrito assado d forno com arroz de miúdos e grelos

Buffet de sobremesas de Natal
Tábua de queijos, bolo-rei, rabanadas, filhós, arroz doce, leite-creme, mousse de chocolate, pudim de ovos, fruta laminada

Faça já a sua reserva!

domingo, 23 de outubro de 2016

Tindersticks no Convento de São Francisco

Esta quinta-feira os Tindersticks regressam a Portugal para apresentação do seu 10º álbum “The Waiting Room”.
Originários de Nottingham em Inglaterra, os Tindersticks nasceram em 1992, e são guiados pela voz característica de Stuart Staples que tornam as músicas num misto de melancolia, beleza e delicadeza.

O novo álbum, o 10º, “The Waiting Room” que foi editado em Janeiro, apresenta-se como um marco na carreira da banda, elevando-a a um outro nível musical e criativo.

"The Waiting Room" conta com participações especiais de Jehnny Beth, vocalista das Savages e de Lhasa De Sela, cantora e amiga de Stuart Staples falecida em 2010, num dueto particularmente tocante.

Em duas décadas de existência (o disco estreia é de 1993), os Tindersticks estabeleceram-se definitivamente como mestres da contenção e da poética emoção humana e apresentam neste disco e nestes concertos algumas das melhores canções da sua carreira.

Compre já o seu bilhete.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

17ª Festa do Cinema Francês

A 17ª Festa do Cinema Francês chega a Coimbra entre os dias 19 e 23 de Outubro.

Organizada pelo Institut Français du Portugal e a Embaixada de França em Portugal, em colaboração com a rede da Alliance Française e as Câmaras Municipais participantes, a 17ª Festa do Cinema Francês vai passar por 11 cidades , começou em Lisboa no dia 6 de Outubro e termina a 13 de Novembro em Setúbal.

À semelhança das edições anteriores, este encontro marcante da vida cultural portuguesa para os amantes da 7ª arte permite celebrar e prestar homenagem à riqueza do cinema francês.

Nesta edição o festival traz à cidade uma programação em que o destaque vai para a antestreia do que mais recente e melhor se produz cinematograficamente em França.

A Festa abre com a estreia de 21 NUITS AVEC PATTIE, uma comédia desconcertante com um elenco de luxo pela mão dos irmãos Larrieu.

Programa:
 - Dia 19
21h00 21 Nuits avec Pattie de Arnaud Larrieu e Jean-Marie Larrieu
comédia dramática, 2015, 1h55

 - Dia 20
10h30 Jamais Contente de Émilie Deleuze
comédia, 2016, 1h29 *sessão escolar 8 > 15 anos
18h30 Terre Battue de Stéphane Demoustier
comédia dramática, 2013, 1h35
21h30 Tout de Suite Maintenant de Pascal Bonitzer
drama, 2015, 1h38

 - Dia 21
10h30 Tout en Haut du Monde de Rémi Chayé
animação, 2015, 1h20 *sessão escolar 10 > 15 anos
21h30 La Loi de la Jungle de Antonin Peretjatko
comédia, 2016, 1h39

 - Dia 22
11h00 Gus, Petit Oiseau Grand Voyage de Christian De Vita
animação, 2014, 1h31 *10 > 15 anos
21h30 Des Nouvelles de la Planète Mars de Dominik Moll
comédia, 2016, 1h41

 - Dia 23
17h00 Marie et les Naufragés de Sébastien Betbeder
comédia, 2016, 1h44
21h30 L’Effet Aquatique de Solveig Anspach
comédia dramática, 2014, 1h23