terça-feira, 15 de agosto de 2017

As Cataplanas do Hotel D. Luís

Já conhece as Cataplanas do Restaurante Panorama do Hotel D. Luís?

Inicialmente produzido em zinco, este peculiar utensilio culinário Português começou a ser produzido há muitas décadas na região Algarvia por antigos caldeireiros, mestres na arte de trabalhar o cobre.

A Cataplana tem origens pouco claras, é no entanto clara a influência árabe podendo-se encontrar paralelismo na célebre “Tajine” marroquina que utiliza o mesmo tipo de cozedura hermética, lenta e a baixa temperaturas.

A utilização do cobre permite uma excelente condutividade do calor por toda a Cataplana, e também ajuda a dar um sabor especial único aos pratos confeccionados.

Nesta nova carta o Restaurante Panorama apresenta na sua nova Carta 3 tipos de Cataplana a tradicional Cataplana À Pescador (Variedade de Peixes) a Cataplana de legumes salteados
Cataplana de peixes e Cataplana de cabrito com hortelã

Venha já conhecer a nova carta!

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

O que visitar em Coimbra - Biblioteca Joanina

Um dos símbolos da cidade de Coimbra foi construída ente 1717 e 1728, na altura designada a Casa da Livraria, adoptou a designação de Biblioteca Joanina em homenagem ao seu patrono D. João V, sendo reconhecida com uma das mais originais e espectaculares bibliotecas barrocas europeias.

Obra-prima do Barroco situada no Palácio das Escolas da Universidade de Coimbra, no pátio da
Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, recebeu os seus primeiros livros depois de 1750, foi construída de modo a exaltar o monarca e a riqueza do império, nomeadamente da provinda do Brasil, esta biblioteca é, para além de uma esplendorosa combinação de materiais exóticos, um verdadeiro cofre-forte de livros.

Dotada de exemplares das mais raras colecções bibliográficas, a Biblioteca Joanina apresenta um acervo de colecções dos sécs. XVI, XVII e XVIII que representam o que de melhor se produzia na Europa culta do seu tempo.

Em 2013 o jornal britânico The Telegraph, considerou a Biblioteca Joanina como "a mais espectacular do mundo", e devido à forte necessidade de preservação, em 2014 a Biblioteca entrou para a lista bienal do World Monuments Watch.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Jazz no Mosteiro - Summertime

Durante o mês de Agosto o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha apresenta o Summertime Jazz no Mosteiro.

Os fins de tarde em Coimbra vão ter outro tom durante o mês de Agosto, num ambiente descontraído, no prado com vista para o mosteiro os fins de tarde são ao som do Jazz.

Pelo pequeno palco montado no relvado num ambiente informal vão passar todos os sábados varias bandas onde sobra o talento, energia e vitalidade.

Programa:

5 de Agosto
Duo Mano a Mano

12 de Agosto
Quinteto Jeffery Davis

19 de Agosto
Trio João Freitas

26 de Agosto
Nuno Guedes Campos Trio

Marque já o seu lugar na relva é Summertime!

terça-feira, 25 de julho de 2017

As Saladas do Restaurante Panorama

Este Verão não pode perder as nossas saladas, hoje destacamos a Salada Caprese e da Salada Grega.

Comecemos pela Itália e pela salada Caprese, com origem na região de Campania, no sul de Itália, e que de acordo com alguns registos históricos recebeu esse nome devido a fama que conseguiu atingir na região de Capri, após ser servida ao rei Farouk, do Egito.

Conhecida pela sua simplicidade, os ingredientes básicos da salada Caprese são mozarela, tomate e manjericão, sendo temperada apenas com azeite, pimenta e sal. No entanto ao longo dos anos novos ingredientes foram adicionados à receita.

Esta é sem dúvida uma leve e fresca opção para os dias mais quentes.

Passemos para a Grécia, a Salada Grega do Restaurante Panorama é uma das estrelas da companhia, dotada de um carácter rústico com os seus ingredientes picados disformemente, cheia de cores brilhantes sob uma rica camada de azeite, temperados com sal e orégãos.

A Salada Grega está para os Gregos como a Salada Mista está para os Portugueses, ganhando destaque durante as décadas de 60 e 70 com o boom turístico ocorrido na Grécia, tendo surgido quase acidentalmente, numa tentativa de inflacionar os preços e assim cobrar mais por uma simples salada decidiu-se adicionara o queijo feta obtendo um maravilhoso resultado.

A Salada Grega com sua composição colorida e sabores arriscados é perfeita para o seu Verão.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Ney Matogrosso em Coimbra

Ney Matogrosso vem ao Convento São Francisco apresentar o seu mais recente trabalho intitulado Atento aos Sinais.

Nascido a 1 de agosto de 1941 Ney Matogrosso, é uma das melhores vozes brasileiras de todos os tempos, lançou o seu primeiro disco Água do Céu - Pássaro em 1975, construiu um reportório que prima pela qualidade e versatilidade, interpretando compositores como Chico Buarque, Cartola, Rita Lee ou Tom Jobim.

Ney Matogrosso apresenta no Convento de São Francisco o seu último disco, Atento aos Sinais, que resulta da gravação em estúdio do projecto, com o mesmo nome, que o músico estreou ao vivo em Fevereiro de 2013.

Atento aos Sinais é uma superprodução pop, com músicas de compositores consagrados, como Caetano Veloso e Paulinho da Viola, mas que também abre espaço à criação musical emergente, incluindo temas de Criolo, banda Zabomba, do alagoano Vítor Pirralho, Dan Nakagawa e dos cariocas do Tono.

Dia 14 de Junho pelas 21.30 h, um espectáculo a não perder .

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Feira Cultural de Coimbra 2017

A Feira Cultural de Coimbra começa já amanhã que tal aproveitar o fim-de-semana para nos visitar?

Já tem planos para este fim-de-semana? Que tal fazer uma visita a Coimbra e aproveitar uma das feiras mais emblemáticas da nossa cidade

De 2 a 11 de Junho a Feira Cultural de Coimbra oferece dias cheios de actividades, descubra aqui o programa completo.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Doçaria Conventual

A doçaria conventual tem um lugar de relevo na Carta do Restaurante Panorama.

Esta é talvez a doçaria Portuguesa de excelência, intitulou-se doçaria conventual porque eram os doces confeccionados nos conventos e caracterizam-se por serem, na sua maioria, compostos por grandes quantidades de açúcar e gemas de ovos.

Com origem no século XV, na mesma altura em que o açúcar entrou na tradição gastronómica dos conventos onde até à data o principal adoçante até esta altura era o mel, e apesar de o açúcar ser considerado um ingrediente vulgar permitiu a criação de várias “caldas” ainda hoje usadas. 

Os conventos eram à data compostos na sua maioria por população feminina que em muito casos que não tinham escolhido o a vida conventual por fé, mas sim por imposição social, e para se entreterem durante o interminável tempo claustral, dedicavam-se à confecção de doces que foram aperfeiçoando.

Com o passar dos séculos, e especialmente a partir de 1834 quando foi decretada a extinção das Ordens Religiosas em Portugal, as freiras e monges viram-se confrontados com a necessidade de angariarem dinheiro para o seu sustento e assim o destino dos doces conventuais era a venda nos vilarejos das redondezas do convento onde eram criados, e assim aos pouco os segredos da confecção dos doces conventuais foi passando das freiras para as mulheres com quem tinham um contacto próximo.

A lista de doces conventuais é extensa e abrange todas as regiões de Portugal, o Restaurante Panorama na sua sobremesa Trilogia de Doces Conventuais incluiu o toucinho-do-céu originário de Trás-os-Montes, as encharcadas provenientes do Alentejo e da nossa região os tradicionais pastéis de Tentúgal.

Esta é mais uma razão para vir conhecer a Carta do Restaurante Panorama.